Como transferir pontos da carteira de motorista

ago 4, 2009 at 12:37 am

Se você emprestou o carro para uma pessoa que cometeu uma infração de responsabilidade de condutor e não quer ficar com a pontuação desta pessoa em seu nome, é necessário fazer a apresentação do condutor no prazo máximo de 15 dias do recebimento da notificação.

grafico.JPG

Para tanto, deve ser entregue devidamente preenchido o formulário de identificação de condutor que se encontra na parte inferior da notificação, juntamente com a cópia legível do documento de habilitação (CNH) e de documento que comprove a assinatura do condutor infrator (caso a habilitação seja a antiga, sem foto) no Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
No caso de pessoa jurídica, o procedimento é idêntico. Se não for apresentado o condutor em 15 dias, a empresa receberá nova multa de igual valor.
Existem multas que são de responsabilidade do proprietário (as de características do veículo, documentação etc.) e, neste caso, não é possível apresentar o condutor.

Seguro do carro : modalidades e garantias

jul 18, 2009 at 4:00 am

O seguro de automóveis poderá ser contratado pelas modalidades de Valor Determinado ou Valor de Mercado Referenciado. As seguradoras podem oferecer a contratação em apenas uma das modalidade ou em ambas.

seguro do carro.jpg

Confira as principais garantias que as empresas de seguro geralmente oferecem :

Garantias principais

• Compreensiva (colisão, incêndio e roubo)
• Incêndio e roubo
• Colisão e incêndio
• Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V)
• Acidentes Pessoais de Passageiros (APP)

Outras garantias que poderão ser oferecidas

• Assistência 24 Horas: tem como objetivo prestar assistência ao veículo segurado e a seus ocupantes, em caso de acidente ou pane mecânica e/ou elétrica
• Acessórios: garante a indenização dos prejuízos causados aos acessórios do veículo pelos mesmos riscos previstos na apólice contratada. Entende-se como acessório, original de fábrica ou não, rádio e toca-fitas, CD players, televisores etc, desde que fixados em caráter permanente no veículo segurado
• Equipamentos: garante a indenização dos prejuízos causados aos equipamentos do veículo pelos mesmos riscos previstos na apólice contratada. Entende-se como equipamento, qualquer peça ou aparelho fixado em caráter permanente no veículo segurado, exceto áudio e vídeo
• Carroceria: garante indenização, no caso de danos causados à carroceria do veículo segurado, desde que o sinistro seja decorrente de um dos riscos cobertos na apólice
• Blindagem: está coberta por esta garantia, a blindagem do veículo segurado, contra eventos cobertos pela apólice
• Despesas extraordinárias: garante ao segurado, em caso de indenização integral, uma quantia estipulada no contrato de seguro, para o pagamento de despesas extras relativas a documentação do veículo etc
• Danos Morais: garante ao segurado o reembolso da indenização por danos morais causados a terceiros, pela qual vier a ser responsável civilmente em sentença judicial transitada em julgado, ou em acordo judicial ou extrajudicial autorizado de modo expresso pela seguradora
• Extensão de perímetro para países da América do Sul: através desta garantia, o segurado poderá ampliar a área de abrangência do seguro do seu veículo para os países da América do Sul
• Valor de novo: garante ao segurado, no caso de indenização integral, a indenização referente à cobertura de casco pelo valor de veículo novo, nos casos em que o sinistro ocorra em até seis ou 12 meses da saída do veículo da concessionária

Mudar Categoria CNH

jul 15, 2009 at 4:32 am

Chama-se mudança de categoria quando o condutor é habilitado para veículos:
• na categoria B no mínimo há um ano e pretende habilitar-se para a categoria C
• na categoria C no mínimo há um ano, tem 21 anos, e pretende habilitar-se para a categoria E
• na categoria B no mínimo há dois anos e pretende habilitar-se para a categoria D
• na categoria C no mínimo há um ano e pretende habilitar-se para a categoria D

Da mesma forma que um condutor novato passa da Permissão para a CNH definitiva, quem pretende mudar de categoria também deve ter um prontuário exemplar: nos últimos 12 meses anteriores ao requerimento de mudança, não pode ter cometido nenhuma infração de natureza gravíssima ou grave, ou ser reincidente em infrações de natureza média.

Renovar CNH.jpg

E, da mesma forma que o condutor que acrescenta uma categoria à qual se habilitou inicialmente, o cadidato à mudança de categoria tem de voltar a um Centro de Formação de Condutores, para um curso prático de 15 horas/aula no tipo de veículo para o qual pretende habilitar-se. Mas, se preferir, ele pode dar entrada no processo sozinho, antes de procurar um CFC para tomar as aulas.

Para dar entrada sozinho, o candidato deve comparecer à Ciretran mais próxima de sua residência levando fotocópia (e original) da CNH, da identidade, do CPF e de um comprovante de residência expedido há no máximo 90 dias. Vai preencher e cadastrar o formulário do Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach), tirar foto e fazer os exames médico e psicológico. Para os exames, terá de apresentar comprovante de pagamento das taxas.

Se iniciar o processo por conta própria ou não, o candidato vai ter de fazer o curso de direção veicular no CFC. No preço cobrado pelo aprendizado, deverão estar embutidas as taxas para a obtenção da Licença de Aprendizagem de Direção Veicular (LADV), para a realização do exame prático de direção veicular e para a expedição da nova carteira. Isso levando-se em contato que os exames médico e psicológico foram pagos à parte.

O próprio CFC vai incumbir-se de agendar o teste prático, a ser realizado em veículo da categoria para a qual busca-se a habilitação.

Segunda Via CNH

jul 15, 2009 at 4:30 am

Em caso de danos ou rasura, extravio, furto ou roubo da Carteira Nacional de Habilitação, há que se providenciar a segunda via do documento. O procedimento é simples, mas tem de ser feito pelo próprio condutor.

carteira de motorista CNH.jpg

Em primeiro lugar, o requerente da segunda via deve tirar cópia de sua carteira de identidade, do seu CPF e de um comprovante de residência expedido há no máximo 90 dias. Os originais dos documentos devem ser apresentados também.

Em seguida, deve comparecer à Ciretran responsável pela área onde o condutor reside para preencher o formulário do Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach), cadastrar o formulário, tirar foto e preenchera a guia Dare para pagamento das taxas.

Em caso de extravio (perda), furto ou roubo, é necessário apresentar boletim de ocorrência. Quando o problema é de danos ou rasura, é necessário apresentar os “restos mortais” do documento.

Renovação da CNH

jul 14, 2009 at 6:28 am

A Carteira Nacional de Habilitação tem sua validade coincidente com a validade do exame médico. Nos condutores com menos de 65 anos de idade, o exame médico vale por 5 anos; a partir desse limite, o prazo de validade é reduzido para 3 anos.

Renovar CNH.jpg

Vencido o prazo de validade do exame médico, o portador da CNH tem 30 dias para providenciar sua renovação. Se for pego ao volante após esse prazo, será enquadrado no artigo 162, item V, do Código de Trânsito Brasileiro, e autuado por infração gravíssima.

A renovação não pode, contudo, ser antecipada. Por determinação da Portaria nº 004/2005, o condutor só pode renovar sua CNH a partir da data de vencimento, a não ser que fundadas e muito bem fundamentadas razões assim o exigirem. Neste caso, há que se endereçar requerimento à Gerência de Habilitação de Condutores, expondo e comprovando a necessidade de antecipação e solicitando-a.

A CNH será renovada na Ciretran que responde pela área onde reside o condutor, ainda que tenha sido expedida em outra Ciretran ou mesmo em outro Estado (será requerida cópia do prontuário ao órgão emissor do documento).

Para solicitar a renovação da CNH, o interessado deve comparecer à Ciretran mais próxima de sua residência, levando fotocópia (e original) da CNH, da carteira de identidade, do CPF e de um comprovante de residência expedido há no máximo 90 dias. Lá, vai preencher e cadastrar o formulário do Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach), tirar foto, fazer exame médico e preencher a guia Dare (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais) para pagamento das taxas.

O prazo estipulado para a entrega da nova CNH é de cinco dias úteis.